Saiba dos cuidados diários necessários para evitar pedra nos rins

Foto: Divulgação

Evitar o excesso de sal, se alimentar diariamente com frutas, legumes e verduras, além de ingerir pelo menos dois litros de água por dia. Esses itens compõem uma rotina de cuidados essenciais para quem evitar a formação de pedras nos rins. A complicação, bastante incômoda, pode acometer pessoas de qualquer idade.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que 10% da população mundial sofrerá com pedra nos rins, também conhecida como cálculo renal, pelo menos uma vez ao longo da vida.

A doença forma uma espécie de pedra no sistema urinário (rim, ureter, bexiga ou uretra). Cerca de 12% dos homens e 5% das mulheres apresentarão sintomas decorrentes de pedra nos rins até os 70 anos de idade.

Segundo o urologista João Ricardo Alves, do Centro Urológico de Brasília (Urocentro), em entrevista ao porta Metropoles diz que a alimentação balanceada ajuda na absorção correta do cálcio, evita o excesso de ácido úrico no organismo e controla os minerais que sobrecarregam os rins.

“O sal é o principal vilão. Por isso, precisamos evitá-lo. Também é importante controlar a ingestão de proteínas e a ingestão de bebidas alcoólicas”, recomenda o médico.

O médico esclarece a hidratação correta também tem regras. Não adianta tomar bastante água todos os dias se beber tudo de uma única vez. Isso gera uma sobrecarga nos rins.

É necessário que a ingestão seja feita em vários momentos ao longo do dia. A prática regular de atividades físicas também é recomendada.

Fonte: Portal Metropoles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *